O que se está a passar no Mundo: Temer, Trump, Erdogan, Maduro e Putin

 

Não aprendemos, globalmente, nada de nada com a História e não temos Memória que não de uma semana ou duas atrás. E repetimos, uma vez mais, hoje, os erros, que já por diversas vezes cometidos, nos fizeram sofrer, morrer, ficar destruídos. Adoramos “ter “ vacas sagradas”, que depois fazem de nós “gato/ sapato”, ou seja nos tratem “abaixo de cão” — cão já não é coisa, por decreto, mas já não o era, antes, de facto — mandam e dispõem de nós, para terem “poder, dinheiro, e boa vida”. E serem as notícias todas iguais, a cada dia que passa. Um de cada vez! Claro! Mas, não vale a pena insistir em querer olhar a História e a Memória, dado que todos quando entram no “poder” têm que ter momentos de deslumbramento, com um narcisismo que é aterrador para o resto da humidade. Bem, estamos, hoje, nesta segunda década do século XXI, a querer experimentar “isto” em grande, e se assim continuarmos vai-nos correr mal, a todos. Hoje, uma guerra mundial deve desfazer-nos a todos num rápido, e como dizia Einstein, a quarta será com paus, e nada mais, dado que a terceira tudo desfez.

Actualmente temos no Brasil, Temer que abertamente utilizou dinheiro, ao que parece não seu, mas em proveito próprio — e não quer que se saiba públicamente — por ter “poder”, mas 65% dos políticos brasileiros  parece que fazem, ou fizeram, o mesmo, e Temer, claro não se demite. Temos Trump, que ganhou dinheiro à frente de um Império que criou com dinheiro do paizinho, que já faliu, que sabe-se lá o que terá feito, para mais Trump Towers ter e que é o Presidente dos EUA, como se estivesse a gerir à sua maneira, uma das suas muitas empresas de imobiliário e não só. E Erdogan o “ditador” da Turquia, que conseguiu no ano passado simular um golpe de Estado, tendo um pretexto para aprisionar todos que pensam diferentemente dele e  acumular poder, “alterando” a Constituição, após um referendo que não se sabe como venceu. Agora é Presidente, Chefe das Forças Armadas e Chefe do Governo. Quanto a Maduro, tentou seguir o seu mentor Chávez, mas, como é um incapaz, está a desfazer a Venezuela mantendo-se no poder mesmo que todos os dias tenha que pôr Pessoas a passar fome, e desfazer ainda mais a Venezuela. Poder pelo poder, só! Putin, o ex-KGB, que quer ser o actual Czar da Rússia, e que não olha a meios para atingir os seus fins, aproveita o caos criado pelos “patetas” atrás referidos para dividir, dividir, e “reinar” em nome do seu despotismo. E é isto que temos hoje, e já tivemos de outras formas mas sempre com o mesmo conteúdo ao longo de anos, décadas, séculos, com tantos tiranos que o mesmo, fizeram. Nada aprendemos, nada queremos apreender e queremos uma vez tudo experimentar mesmo que nos doa muito ou até nos faça morrer. Seja!

 

© Augusto Küttner de Magalhães, 19/05/2017